Paróquia Nossa Senhora das Graças
 
 ARTIGOS
Ver todos
 DESTAQUES
 
 
FOTOS EM DESTAQUE
Ver todas
 
 CADASTRE-SE
Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:
 
 
 
MENSAGEM DE ADVENTO DO BISPO DIOCESANO
Imagem
QUE O SENHOR VOS ENCONTRE NA PAZ

Em nome de Jesus
Meus queridos irmãos e irmãs, pensando em todos vocês que são membros de nossa querida Igreja de Amparo, vocês que encontre nas visitas pastorais que realizei este ano; venho com satisfação, em nome de Jesus, trazer-vos uma mensagem. Quero dizer uma palavra de encorajamento e conforto, neste tempo em que esperamos e nos preparamos para celebrar o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo. O tempo litúrgico do Advento se caracteriza por ser um tempo de espera na esperança. É para vivermos bem este tempo que a Palavra de Deus nos convida: “Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas” (Mc 1,3).
A experiência humana de esperar uma pessoa amada e também de ser esperado por alguém que nos ama, é uma das experiências mais gratificantes. O que Deus pede de nós no Advento é que possamos esperá-lo com todo nosso amor, na certeza de que Ele tanto nos esperou e espera sempre. E o modo amoroso de Deus nos esperar é vindo ao nosso encontro: mistério da encarnação! Em Jesus Deus entra na humanidade, torna-se um de nós: “Como um pastor apascentará o seu rebanho e reunirá os animais dispersos: tomará os cordeiros em seus braços conduzirá as ovelhas ao seu descanso” (Is 40, 11).
A experiência humana de esperar uma pessoa amada nos deve ajudar a compreender melhor nosso encontro com Deus e Jesus Cristo seu Filho que vem. Quando nos colocamos à espera, é porque sabemos e estamos convencidos de que necessitamos daquele que esperamos. Ele vem para nos ajudar, nos completar e conduzir-nos à nossa realização plena. A verdadeira espera nos faz viver da esperança, ou seja, nos faz preparar a vinda de quem esperamos. É uma espera e uma esperança ativa, bem diferente de esperar de braços cruzados.
João Batista a partir das tradições religiosas de seu tempo inicia a prática do batismo de “conversão”, como uma das maneiras de se preparar para esperar o Messias. O batismo de João com a água, prefigura o batismo no Espírito Santo, o batismo que Jesus vai trazer. O batismo que recebemos de fato, dá a todos nós a força e a graça de vivermos na esperança ativa, ou seja, no cumprimento da vontade de Deus. E a vontade de Deus é que nos convertamos a cada dia para praticar o evangelho. Convertei-vos é o grande apelo do tempo do Advento.
Nossa esperança não é alienante, pois, Deus está ao nosso lado e caminha conosco para transformar o deserto em terra fértil. Assim, nossa espera e esperança através de nossa conversão que é mudança de vida, darão frutos de transformação da nossa realidade para que a caridade, o amor, reine nos coração. Corações transformados pelo amor poderão transformar as estruturas pecaminosas deste mundo, para que venha o Reino de justiça e paz que Jesus anuncia na linha da tradição profética. “Nós esperamos, segundo as promessas do Senhor, os novos céus e a nova terra, onde habitará a justiça. Portanto, caríssimos, enquanto esperais tudo isso, empenhai-vos, sem pecado nem motivo algum de censura, para que o Senhor vos encontre na paz”( 2Pr 3,14). Quando se fala em justiça quer dizer uma vida santa, no cumprimento do preceito do Senhor Jesus que é o mandamento do amor, o qual, se for praticado, gera a paz.
Jesus nos entrega seus dons na medida em que nós os desejamos. Devemos esperar a vinda do Senhor Jesus e estarmos prontos para reconhecê-lo da forma como ele se apresentar. Também devemos aprender a provocar sua vinda e sua presença em nosso meio, sabendo atraí-lo através da vivência de sua Palavra que liberta e salva.
Sem dúvida, não poderá faltar a oração neste tempo de espera. A oração nos mantêm despertos, e nos dá o discernimento necessário para reconhecer o Senhor que vem e sobretudo, para unir nossas forças a fim de clamar com toda a Igreja: “Vem Senhor Jesus!” Na oração perceberemos que o mundo novo que esperamos está sendo feito por Deus em Jesus. E nós somos chamados a não nos iludirmos com aquilo que passa, mas colocar nossa esperança em Jesus Cristo e naquilo que Ele nos ensinou, praticando sua palavra.
Enfim, que nossa Igreja de Amparo, e todas as nossas comunidades e paróquias se unam para que através de uma santa preparação, tenhamos um santo Natal, celebrado com muito a mor e carinho. “O fato de sermos cristãos exige de nós que tenhamos fé e esperança. Mas a paciência é necessária para que elas possam dar seus frutos” (S. Cipriano). Exorto a todos vocês para que oremos por nossa Igreja que prepara seu 1º Plano de Pastoral através de um processo de planejamento participativo. Oremos por nossos padres e seminaristas, por todos os ministros leigos, enfim oremos especialmente pelos pobres, doentes e aflitos. Que através de nós o Senhor Jesus, pastor bondoso se faça presente para mostrar seu amor redentor a todos.
Na alegria de ser convosco um irmão pelo batismo, pastor e pai na fé, pelo serviço do ministério episcopal abençôo a todos em nome de Jesus!

Amparo, 04 de dezembro de 2011


Dom Pedro Carlos Cipolini
Bispo Diocesano de Amparo
.
 
Voltar
Imprimir
Comentar
Página Principal
Divulgação:
 
 ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ver todas
 
DESTAQUES
 
 
VÍDEO EM DESTAQUE
Ver todos
 
PESQUISAR NO SITE
Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 
 
Paróquia Nossa Senhora das Graças - Fone: (19) 3824-1156 - Rua Rio de Janeiro, 70 Centro - Águas de Lindóia (SP)