Paróquia Nossa Senhora das Graças
 
 ARTIGOS
Ver todos
 DESTAQUES
 
 
FOTOS EM DESTAQUE
Ver todas
 
 CADASTRE-SE
Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:
 
 
 
PAPA EXPLICA QUE CRISTO É CENTRO DE TODA ESPIRITUALIDADE VERDADEIRA
Imagem
O Papa Bento XVI dedicou a Catequese desta quarta-feira, 24, a Santa Catarina de Sena, que viveu em um período conturbado da história da Igreja e da Europa, durante o século XIV. O centro da religiosidade da santa italiana foi proposto pelo Pontífice como modelo a ser imitado pelos fiéis.

"O centro vital da religiosidade de Catarina e de toda a espiritualidade verdadeira é o cristocentrismo. Cristo é para ela como o esposo, com quem há uma relação íntima, de comunhão e de fidelidade; é o bem amado acima de todos os outros bens".
"Mesmo nos momentos de maior dificuldade, o Senhor não cessa de abençoar o seu Povo, suscitando Santos e Santas que inspiram as mentes e os corações, levando à conversão e à renovação. Catarina é uma dessas e ainda hoje fala-nos e estimula-nos a caminhar com coragem rumo à santidade, para sermos cada vez mais plenamente discípulos do Senhor", complementou.

''Mesmo nos momentos de maior dificuldade, o Senhor não cessa de abençoar seu Povo'', disse o Papa aos cerca de 9 mil fiéis reunidos na Sala Paulo VI

Sobre um dos episódios místicos da vida da santa, conhecido como a troca de corações - em que Jesus apareceu-lhe em visão e colocou no coração de Catarina o Seu próprio coração -, o Santo Padre recordou:

"Assim como a santa sienesa, todo o crente sente a necessidade de conformar-se com os sentimentos do Coração de Cristo para amar a Deus e o próximo como Cristo mesmo ama. E todos nós podemos deixar-nos transformar o coração e aprender a amar como Cristo, em uma familiaridade com ele nutrida pela oração, meditação da Palavra de Deus e dos Sacramentos, sobretudo recebendo frequentemente e com devoção a santa Comunhão".

Santa Catarina é doutora da Igreja, copadroeira da Europa e padroeira da Itália.

Eucaristia e maternidade espiritual

O Bispo de Roma explicou que Santa Catarina faz parte da fileira de santos eucarísticos.

"A Eucaristia é um dom extraordinário de amor que Deus nos renova continuamente para alimentar o nosso caminho de fé, revigorar a nossa esperança, inflamar a nossa caridade, para tornar-nos sempre mais semelhantes a Ele", afirmou.

Um dos principais apostolados exercidos por Catarina foi o da maternidade espiritual, também hoje um grande benefício para a Igreja, na opinião do Papa, pois ajuda a "alimentar nas almas o pensamento por Deus, fortalece a fé do povo e orienta a vida cristã rumo a picos sempre mais elevados".

Bento XVI também falou sobre o dom das lágrimas - "elas expressam uma sensibilidade profunda e requintada, capacidade de comoção e ternura" - e a reverência de Catarina pelos sacerdotes, apesar de consciente de suas carências humanas - "dispensam, através dos Sacramentos e da Palavra, o poder salvador do Sangue de Cristo".

Por fim, o Papa afirmou:

"De Santa Catarina, portanto, aprendemos a ciência mais sublime: conhecer e amar Jesus Cristo e sua Igreja".

A audiência

O encontro do Bispo de Roma com os cerca de 9 mil fiéis reunidos na Sala Paulo VI aconteceu às 10h30 (em Roma – 7h30 no horário de Brasília).

Na saudação aos fiéis de língua portuguesa, o Papa salientou:

"Santa Catarina de Sena ensina que a ciência mais sublime consiste em amar Jesus Cristo e a sua Igreja. Segui o exemplo desta santa, amando Jesus com coragem e sinceridade, para assim alcançardes a paz e a alegria que vêm de Deus. Ide em paz!".






 
Voltar
Imprimir
Comentar
Página Principal
Divulgação:
 
 ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ver todas
 
DESTAQUES
 
 
VÍDEO EM DESTAQUE
Ver todos
 
PESQUISAR NO SITE
Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 
 
Paróquia Nossa Senhora das Graças - Fone: (19) 3824-1156 - Rua Rio de Janeiro, 70 Centro - Águas de Lindóia (SP)